Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Selecção Oficial - Fora de Competição

Ficha técnica:

Realizador: Sara Driver
Fotografia: Adam Benn
Produtora: Hells Kitten Productions, Faliro House, Le Pacte, Leopardo Filmes, Bunny Lake Films

Boom for Real: A Adolescência Tardia de Jean-Michel Basquiat

Um filme de Sara Driver

Voltar
Sara Driver explora os anos anteriores à fama do celebrado artista americano Jean-Michel Basquiat, e de como a cidade de Nova Iorque, os seus habitantes e a sua cultura artística em mutação, em finais dos anos 1970 e 1980 moldou a sua visão. Retratando o magnetismo pessoal, a excentricidade e a criatividade imparável de Basquiat sem o romantizar, Driver trabalhou em colaboração com amigos e outros artistas emergentes daquele meio, como Nan Goldin, Jim Jarmusch ou Luc Sante, que com as suas reflexões, arquivos e relatos, ajudaram a contar visualmente a história da Nova Iorque do jovem Jean-Michel.
  • Elenco:

    Alexis Adler, Carlo McCormick, Lee Quiñones, Luc Sante, Fred Brathwaite aka Fab 5 Freddy, Jim Jarmusch, Coleen Fitzgibbon, Glenn O'Brien, James Nares, Felice Rosser, Jennifer Jazz, Michael Holman, Patricia Field, Sur Rodney (Sur), Mary-Ann Monforton
  • Título original:

    Boom for Real: The Late Teenage Years of Jean-Michel Basquiat
  • País:

    Estados Unidos
  • Ano:

    2017
  • 79'

Ficha técnica:

Realizador: Sara Driver
Fotografia: Adam Benn
Produtora: Hells Kitten Productions, Faliro House, Le Pacte, Leopardo Filmes, Bunny Lake Films

Horários

Espaço Nimas

Conversa com Sara Driver
COMPRAR

Realizador

Sara Driver

Sara Driver é uma realizadora independente norte-americana. Fez parte da vaga criativa surgida na baixa de Manhattan no final dos anos 1970 até 1990. O início da sua carreira no cinema começou com a produção de dois filmes de Jim Jarmusch, Permanent Vacation e Stranger Than Paradise, nos quais também participou como actriz.

Em 1981 realizou o seu primeiro filme, You Are Not I, baseado num conto de Paul Bowles, que foi muito elogiado, e considerado pelos Cahiers du Cinéma um dos melhores filmes dos anos 80. Um fogo num armazém destruiu os negativos e o filme esteve considerado perdido durante vários anos, tendo depois sido descoberta uma cópia nos arquivos de Bowles.

Realizou mais duas longas, Sleepwalk e When Pigs Fly, com presenças e prémios em vários festivais de cinema. A sua obra, embora curta, é elogiada por importantes críticos de cinema, e foi exibida na edição de 2015 do LEFFEST.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.