Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Selecção Oficial - Fora de Competição

Ficha técnica:

Realizador: Abdellatif Kechiche
Argumento: Abdellatif Kechiche, Ghalya Lacroix
Fotografia: Marco Graziaplena
Produtora: Quat'sous films, France 2 Cinéma, Pathé Films, Bianca Film

Mektoub, My Love: Canto Uno

Um filme de Abdellatif Kechiche

Voltar
Amin, um aspirante a argumentista a viver em Paris, vai passar o Verão a casa, numa aldeia piscatória no sul de França. É uma altura em que se reencontra com a família e os amigos de infância. Com o seu primo Tony e a sua melhor amiga Ophélie, passa o tempo entre o restaurante tunisino dos pais, os cafés da localidade, e as praias que as raparigas frequentam nas férias.

Encantado pelas várias personagens femininas que o rodeiam, Amin fica pasmado com aquelas sereias estivais, enquanto o seu primo dionisíaco se entrega com euforia às delícias carnais. Armado com a sua câmara e guiado pela luz clara do Verão da costa mediterrânica, Amin prossegue a sua busca filosófica enquanto procura inspiração para os seus argumentos. No que diz respeito ao amor, apenas o destino, apenas mektoub pode decidir.

Esta saga sobre a passagem à idade adulta, que decorre em 1994, espalha um brilho nostálgico sobre as maravilhas da juventude.
  • Elenco:

    Shaïn Boumedine, Ophélie Bau, Salim Kechiouche, Lou Luttiau, Alexia Chardard, Hafsia Herzi, Kamel Saadi, Estefania Argelich
  • Título original:

    Mektoub, My Love: Canto Uno
  • País:

    França, Itália, Tunísia
  • Ano:

    2017
  • 180'

Ficha técnica:

Realizador: Abdellatif Kechiche
Argumento: Abdellatif Kechiche, Ghalya Lacroix
Fotografia: Marco Graziaplena
Produtora: Quat'sous films, France 2 Cinéma, Pathé Films, Bianca Film

Horários

Espaço Nimas

Legendado em Inglês
COMPRAR

Realizador

Abdellatif Kechiche

Abdellatif Kechiche é um argumentista, actor e realizador francês de origem tunisina. Os seus filmes A Esquiva e O Segredo de um Cuscuz, vencedores de inúmeros prémios César e FIPRESCI, garantiram-lhe o reconhecimento internacional. Em 2013, o seu filme mais corajoso e também o mais polémico até então - A Vida de Adèle - recebeu a Palma de Ouro do Festival de Cannes, e veio sublinhar a posição de Kechiche entre os mais relevantes cineastas da actualidade.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.