Lisbon & Estoril Film Festival

Notícias

IMAGES OF THE EAST, um filme de Gidon Kremer e Sandro Kancheli, um concerto e um debate

Voltar
Numa sessão especial, o LEFFEST – Lisbon & Sintra Film Festival’17 irá exibir o filme de Gidon Kremer e Sandro Kancheli, Images of the East, com a participação do escultor sírio Nizar Ali Badr, a que se seguirá um concerto com Gidon Kremer e a violoncelista lituana Giedrė Dirvanauskaitė e um debate em torno da crise dos refugiados. 

Gidon Kremer, renomado violinista e maestro clássico letão, tem sido sempre um artista atento ao seu tempo, a este tempo presente. Desta sua sintonia nasceu Images of the East, “um ‘statement’ sobre a questão dos refugiados, sobre paz e amor”, nas suas próprias palavras, feito em colaboração com o escultor Nizar Ali Badr, que conta histórias de sofrimento do povo sírio através de arranjos de seixos, animados por Sandro Kancheli.

Tenho compaixão por todo o padecimento no Médio Oriente e quero que o mundo seja melhor. Sei que o que posso alcançar com o meu violino e a minha música é apenas uma gota no oceano, mas sentir-me- ia envergonhado se não distribuísse essa gota, se está ao meu alcance fazê-lo. (Gidon Kremer)



BIOGRAFIAS

Um dos mais distintos violinistas do mundo, com uma prestigiada e premiada carreira, GIDON KREMER tocou com as mais famosas orquestras e maestros do último meio século, sendo o seu reportório amplo e variado, englobando todo o espectro das grandes obras clássicas e românticas para violino. Fundador da Kremerata Baltica, uma orquestra constituída em exclusivo por jovens músicos bálticos.    

SANDRO KANCHELI é produtor, artista gráfico e realizador. Filho do pianista e compositor geórgio Giya Kancheli (convidado da 4ª edição do LEFFEST), impulsionou, em honra do 75º aniversário do pai, a edição do álbum Themes From the Songbook, publicado em 2010, com a colaboração de Dino Saluzzi, Gidon Kremer e Andrei Pushkarev.    

Laureada violoncelista, GIEDRÉ DIRVANAUSKAITÉ tocou com diversas orquestras sinfónicas e de câmara da Europa, Ásia e Médio Oriente, tornando-se membro da Kremerata Baltica logo desde a sua fundação, em 1997. Desde 2009, toca regularmente em trio com Gidon Kremer e a pianista Khatia Buniatishvili e, desde 2015, com Kremer e o pianista Daniil Trifonov.  

NIZAR ALI BADR é um escultor sírio, natural da cidade portuária de Latakia, onde vive, trabalhando os seixos que encontra na costa do Mar Mediterrâneo em arranjos escultóricos efémeros, que posteriormente fotografa. Criou já mais de 10 000 dessas esculturas, que ‘escrevem’, em pedra, a história trágica do povo sírio.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.