Lisbon & Estoril Film Festival

Notícias

ISABELLE HUPPERT: Retrospectiva de filmes e Exposição de fotografias

Voltar
A actriz Isabelle Huppert será o foco principal do LEFFEST – Lisbon & Sintra Film Festival’17, que apresentará uma grande retrospectiva dos filmes que protagonizou, e uma exposição, Isabelle Huppert: Woman of Many Faces.

Actriz ímpar, uma das melhores do mundo, Huppert tem trabalhado, ao longo da sua vasta carreira, com os maiores e mais prestigiados realizadores de cinema, como Jean-Luc Godard, Werner Schroeter, Claude Chabrol, Otto Preminger ou Michael Cimino. São inesquecíveis os seus desempenhos em, por exemplo,  Passion, Malina,  Heaven’s Gate ou os filmes que fez com Chabrol (Une Affaire de Femmes ou La Cérémonie) e, nos últimos anos, com Michael Haneke (La Pianiste, Le Temps du Loup, Amour, ou o recente Happy End) e Hong Sangsoo, cujo Claire’s Camera, ainda não estreado em Portugal, integrará também a retrospectiva.  

Na temporada passada, Isabelle Huppert teve um reconhecimento crítico e de público notável, com os inúmeros prémios pelo seu papel em Elle de Paul Verhoeven.  

A actriz estará presente no festival.


Isabelle Huppert: Woman of Many Faces


Isabelle Huppert: Woman of Many Faces, com curadoria de Ronald Chammah e Jeanne Fouchet-Nahas, uma exposição que, depois de apresentada no Museum of Modern Art, de Nova Iorque, começou um percurso internacional por diversas instituições artísticas e já foi vista por mais de um milhão de pessoas, inaugurará no MU.SA – Museu das Artes de Sintra, no dia 18 de Novembro, com a presença da actriz e artistas com os quais colaborou.  

Isabelle Huppert: Woman of Many Faces reúne mais de cem fotografias, retratos-vídeo e vídeo-instalação da autoria de muitos dos mais importantes artistas das últimas décadas, de diversas gerações e países, entre eles, Henri Cartier Bresson, Nan Goldin, Robert Frank, Helmut Newton, Cindy Sherman, Hiroshi Sugimoto, Robert Wilson, Antoine d’Agata, Raymond Depardon, Robert Doisneau, Josef Koudelka, Annie Leibovitz e Herb Ritts.  

Os exigentes, densos e audazes desempenhos de Isabelle Huppert, tanto no cinema como no teatro, reflectem-se nesta diversificada colecção de retratos, que celebram uma prolífica e premiada carreira, que, na vertente teatral, foi distinguida com o Molière de Honra 2017, o grande prémio do teatro francês.  

As palavras do encenador belga Ivo van Hove sobre Isabelle Huppert, na cerimónia de entrega dos Prémios Molière, são limpidamente certeiras: Ela pode estar nua, vulnerável, frágil, mas quando ela representa, é como se estivesse no olho do furacão, onde tudo é silêncio.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.