Lisbon & Estoril Film Festival

Convidados

Mike Dibb - Realizador de documentários

Mike Dibb

Voltar
Mike Dibb é um aclamado realizador de documentários, na sua maior parte feitos para a televisão, que abrangem o cinema, arte, a literatura, a música, a ciência, o desporto e a cultura popular. Depois de completar uma licenciatura no Trinity College, em Dublin, foi contratado em 1963 pela BBC TV. Trabalhou como montador no departamento de Cinema até 1967, altura em que passou para o departamento de Música e Artes, onde permaneceu até 1981. Durante este período realizou vários filmes, incluindo múltiplas colaborações com o escritor John Berger (que em 2015 foi convidado do LEFFEST), a mais célebre delas a série em quatro partes, Ways of Seeing, premiada com o BAFTA para Melhor Série especializada e que se tornou posteriormente num livro traduzido e publicado no mundo inteiro, um dos mais importantes para várias gerações de artistas e estudantes de arte. Dibb fez também alguns filmes sobre escritores, como Octavio Paz, Lorca, A-S. Byatt ou Elmore Leonard. Em 1981, juntou-se à Third Eyes Productions, onde continuou a realizar e produzir, principalmente para o Channel Four. Em 1986 criou a sua própria produtora, a Dibb Directions Ltd. Voltou a colaborar com a BBC, realizando filmes e séries como Made In Latin America, sobre a cultura da América Latina. Em 1994 co-realizou com Stephen Frears o documentário Typically British, sobre a história do cinema britânico. O seu filme The Miles Davis Story ganhou o prémio de televisão da Royal Philharmonic Society e o Emmy para o melhor documentário de arte do ano (2001). Fez também um filme sobre Keith Jarret e outro sobre o compositor e bandeonista Astor Piazolla.

De entre a sua extensa filmografia, organizámos sete sessões, escolhidas com o realizador que estará presente para comentar várias delas (algumas em diálogo com artistas e músicos). Desde logo, a sua colaboração com John Berger (um episódio de Ways of Seeing e Once upon a Time, da série About Time, realizada entre 1983 e 1985 para o Channel 4); o filme Seeing Through Drawing (1977-78), o mais importante dos que fez sobre arte depois de Ways of Seeing, com a participação, entre outros, de David Hockney, do ilustrador Ralph Steadman e do artista pop americano Jim Dine, que desenham e falam sobre o desenho e os artistas que admiram. A terceira sessão é dedicada aos filmes sobre literatura e escritores: The Spirit of Lorca (1986, com o biógrafo de Lorca, Ian Gibson) e The Further Adventures of Don Quijote, um ensaio no qual participam os escritores Carlos Fuentes, AS Byatt e Ben Okri, sobre a interpretação e a forma como foi sendo re-trabalhado ao longo dos tempos um dos mais célebres e influentes romances, o Quixote, de Cervantes. Na quarta e quinta sessões veremos dois filmes dedicados a grandes lendas do jazz: The Miles Davis Story (2000-01), vencedor de um EMMY para Melhor Documentário, e Keith Jarrett – the Art of Improvisation (2004-05), que é também um filme importante para percebermos a sua abordagem ao cinema. A fechar este programa, o filme mais recente do realizador, o inédito Painted With My Hair (2021), um retrato assombroso de Donny Johnson, um prisioneiro americano que esteve em cela solitária durante 24 anos, e aí surgiu-lhe um impulso para pintar. Mas como não lhe era permitido ter materiais de pintura, fabricou pincéis com os seus próprios cabelos e usava M&Ms para fazer as cores, pintando no verso de postais.

Restantes Convidados desta Edição

Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.