Lisbon & Estoril Film Festival

Arquivos

Edição 2021

Filmes

Revelação - Henrique Pina

Prémios:

Dance Camera West – Prémio Outstanding Achievement
Festival FilmArte – Melhor Documentário Experimental
Forum – Menção Honrosa

Ficha técnica:

Coreografias: Tânia Carvalho, Vera Mantero, Victor Hugo Pontes, Jonas&Lander, Olga Roriz, Paulo Ribeiro
Produção: Moonway Films
Director de Fotografia: Cristiano Santos

Body-Buildings

Um filme de Henrique Pina

Voltar
Uma longa-metragem em que se explora a dança, a arquitectura e o cinema, fazendo convergir identidades e conceitos, através de seis coreografias, criadas especialmente para seis magníficas obras de arquitectura: Ponte da Carpinteira, Piscina das Marés, Estádio Municipal de Braga, Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, Mudas – Museu de Arte Contemporânea e Centro de Convívio Irene Aleixo.
  • Elenco:

    Vítor Hugo Afonso, Diogo Almeida, Luiz Antunes, Inês Campos
  • Título original:

    Body-Buildings
  • País:

    Portugal
  • Ano:

    2021
  • 50'

Prémios:

Dance Camera West – Prémio Outstanding Achievement
Festival FilmArte – Melhor Documentário Experimental
Forum – Menção Honrosa

Ficha técnica:

Coreografias: Tânia Carvalho, Vera Mantero, Victor Hugo Pontes, Jonas&Lander, Olga Roriz, Paulo Ribeiro
Produção: Moonway Films
Director de Fotografia: Cristiano Santos

Realizador

Henrique Pina

Nascido em Lisboa, a 26 de Fevereiro de 1987, Henrique Pina é um realizador e produtor português. 

Em 2005, inicia os estudos em Cinema, na Universidade de Roehampton, em Londres, percurso que conclui em 2008. É nesse mesmo ano que se estreia na realização e produção, da ficção ao documentário, das curtas à publicidade.

Em 2014, realiza e produz a premiada curta-metragem O Mundo Cai aos Bocados, interpretada por Albano Jerónimo e Joana Solnado. Seguem-se A História do Campeão (2014) e Traça: Mar Deserto (2017). Ainda em 2017, realiza Aires Mateus: Matéria em Avesso, documentário exibido em 12 festivais de cinema e produzido pela Moonway Films, produtora fundada pelo próprio. Regressa às curtas com Sete Dias de Inverno (2020), à qual se segue a longa-metragem Body Buildings (2021), vencedora do Prémio Outstanding Achievement, no Dance Camera West Film Festival, em Los Angeles; um trabalho que explora a união entre arquitectura, dança e cinema, ao longo do qual seis coreografias são concebidas para seis obras de arquitectura localizadas em Portugal, numa verdadeira fusão de identidades e conceitos. O seu último documentário, Autópsia: Percurso de uma Criação (2021) constitui uma celebração dos 25 anos da Companhia Olga Roriz.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.