Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Homenagens e Retrospectivas - Stephen Frears

Prémios:

Melhor Actor Secundário numa Série – Globo de Ouro
Melhor Actor Secundário numa Mini-Série – Emmy
Melhor Realizador de Ficção e Melhor Actor Secundário – BAFTAS

Ficha técnica:

Realizador: Stephen Frears
Argumentista: Russell T. Davies, John Preston Director de Fotografia: Danny Cohen Produção: Amazon Studios, Blueprint Pictures, British Broadcasting Corporation (BBC)

A Very English Scandal

Um filme de Stephen Frears

Voltar
Jeremy Thorpe, líder do Partido Liberal Britânico, esconde a sua homossexualidade devido à sua ambição de se vir a ser o próximo Primeiro Ministro Britânico. Quando, em 1979, é acusado de envolvimento numa conspiração para matar Norman Scott, seu ex-amante, Thorpe é forçado a enfrentar um julgamento pelos seus crimes, que ficará conhecido como “caso Thorpe”.
  • Elenco:

    Hugh Grant, Ben Whishaw, Alex Jennings
  • País:

    Reino Unido
  • Ano:

    2018
  • 3 Episódios de 60 min

Prémios:

Melhor Actor Secundário numa Série – Globo de Ouro
Melhor Actor Secundário numa Mini-Série – Emmy
Melhor Realizador de Ficção e Melhor Actor Secundário – BAFTAS

Ficha técnica:

Realizador: Stephen Frears
Argumentista: Russell T. Davies, John Preston Director de Fotografia: Danny Cohen Produção: Amazon Studios, Blueprint Pictures, British Broadcasting Corporation (BBC)

Horários

Centro Cultural Olga Cadaval Auditório Acácio Barreiros

5€

Realizador

Stephen Frears

Stephen Frears (1941, Leicester, Inglaterra) é um realizador de cinema e televisão inglês conhecido pela sua abordagem de problemas sociais e políticos através da criação de personagens complexas. 

Dos filmes por si realizados, destacam-se Passos Silenciosos (1971), a sua primeira longa-metragem, My Beautiful Laundrette (1985), com Daniel-Day Lewis, Vidas em Fúria (1987), nomeado para a Palme d’Or em Cannes, o sucesso Ligações Perigosas (1988), que lhe valeu vários prémios da Academia, e Anatomia do Golpe (1990).  Frears foi também aplaudido pelos seus filmes Alta Fidelidade (2000), baseado no romance homónimo de Nick Hornby, e Estranhos de Passagem (2002), sobre o mundo dos imigrantes em Londres.

Com A Rainha (2006), protagonizado pela consagrada actriz Helen Mirren, Frears conseguiu um Prémio da Academia e foi premiado em vários festivais de cinema, recebendo o Prémio FIPRESCI na Competição do Festival de Veneza. Mais recentemente, Frears realizou Philomena (2013), Florence, uma Diva Fora de Tom (2016) e Vitória & Abdul (2017), os três também galardoados internacionalmente.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.