Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Selecção Oficial - Fora de Competição

Prémios:

Festival de Cannes 2021 – Cannes
Premiere

Ficha técnica:

Argumento: Mathieu Amalric (com base na peça de teatro de Claudine Galea)
Produção: Yael Fogiel, Laetitia Gonzalez
Director de Fotografia:
Christophe Beaucarne
Montagem: François Gédigier

Abraça-me com Força

Um filme de Mathieu Amalric

Voltar
Adaptação da peça de teatro Je Reviens de loin, de Claudine Galea, Abraça-me com Força apresenta-nos a misteriosa de Clarisse, uma mulher que aparenta estar a debater-se com a ideia de abandonar o marido e os filhos. O que terá levado Clarisse a deixar a família? O que terá acontecido com a família depois desse momento? Estamos perante memórias, projecções ou vivências? O filme adensa todas estas dúvidas numa vertiginosa estrutura narrativa mergulhada num abismo de espectros, efeitos telescópicos, ecos, sobreposições, flashbacks e flashfowards. Envolto em melancolia, Abraça-me com Força desvela-se num melodrama sobre a perda, cuja natureza incompreensível e, por vezes, alucinante, encontra na imaginação e na memória a única possibilidade de luto, de compreensão e de superação.
  • Elenco:

    Vicky Krieps, Arieh Worthalter
  • Título original:

    Serre moi fort
  • País:

    Alemanha, França
  • Ano:

    2021
  • 97' Legendas: PT

Prémios:

Festival de Cannes 2021 – Cannes
Premiere

Ficha técnica:

Argumento: Mathieu Amalric (com base na peça de teatro de Claudine Galea)
Produção: Yael Fogiel, Laetitia Gonzalez
Director de Fotografia:
Christophe Beaucarne
Montagem: François Gédigier

Horários

Cinema Medeia Nimas

Com a presença de Mathieu Amalric
Legendas: EN

Bilhetes: 8€

Centro Cultural Olga Cadaval Auditório Acácio Barreiros

Bilhetes: 6€

Realizador

Mathieu Amalric

Nasceu em França, em 1965. Desempenhou funções técnicas em filmes de Peter Handke, João César Monteiro e Louis Malle, entre outros. Possui um versátil e extenso currículo como actor, tendo colaborado com cineastas como Roman Polanski, Wes Anderson, David Cronenberg e Sofia Coppola. Estreou-se na realização de longas-metragens com Mange ta Soupe (1997). É um dos mais prestigiados actores franceses da actualidade e um dos realizadores mais interessantes do cinema francês contemporâneo.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.