Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Homenagens e Retrospectivas - L.A. Rebellion

Festivais e Prémios:

Festival de Berlim 1983 - Prémio FIPRESCI (Forum of New Cinema)
Festival de Munique 2019 - Seleção Oficial

Ficha técnica:

Argumento: Haile Gerima
Produção: Haile Gerima
Director de Fotografia: Augustin E. Cubano

Ashes and Embers

Um filme de Haile Gerima

Voltar
Nay Charles é um veterano de guerra afro-americano que se sente desencorajado, após lutar numa guerra de interesses brancos, no ocidente, e apresenta sérias dificuldades em reintegrar-se numa sociedade hostil e racialmente segregada. A disparidade emocional envolvida nas suas relações mais próximas e o desajuste profissional do ambiente urbano tornam Charles marginalmente impotente, e incapaz da motivação revolucionária necessária para revolta política contra essas condições requer.

Ao longo do filme, Hailes Gerima vai recriando elos com um passado traumático através do testemunho da avó de Nay Charles sobre a escravatura, cujas memórias funcionam como uma âncora transgeracional. Embora a personagem principal espere um fim trágico, a intenção de aprender com gerações passadas e tomar rédeas da própria vida é uma mensagem prevalente neste filme.
  • Elenco:

    John Anderson, Evelyn A. Blackwell, Norman Blalock
  • Título original:

    Ashes and Embers
  • País:

    Estados Unidos da América
  • Ano:

    1982
  • 129' EN, Legendas: PT

Festivais e Prémios:

Festival de Berlim 1983 - Prémio FIPRESCI (Forum of New Cinema)
Festival de Munique 2019 - Seleção Oficial

Ficha técnica:

Argumento: Haile Gerima
Produção: Haile Gerima
Director de Fotografia: Augustin E. Cubano

Horários

Cinema Medeia Nimas

Com apresentação dos curadores
6€

Realizador

Haile Gerima

Cineasta da Etiópia, é um dos grandes nomes associados ao movimento L.A. Rebellion, e realizador dos galardoados Harvest: 3000 Years (1976), Ashes and Embers (1982) e Sankofa (1993). Fez parte de uma geração de realizadores dos anos 60 a 80 da UCLA - também conhecida como ‘Los Angeles School of Black Filmmakers’ - criadora de um revolucionário Cinema Negro divergente das convenções artificiais de Hollywood e atento às reais vivências da comunidade afro-americana. 

Nascido em 1946, Gerima vive e trabalha nos Estados Unidos, para onde emigrou em 1967. Seguindo os passos dramatúrgicos do seu pai, iniciou a sua formação de actor em Chicago antes de se inscrever na Escola de Teatro, Cinema e Televisão da UCLA - Universidade da Califórnia, Los Angeles. O contacto com documentários latino-americanos permeados de situações de guerra e impressionante sobrevivência, já durante o seu ensino na UCLA, terá sido determinante para o desenvolvimento da sua consciência social e trabalho artístico.

Durante o seu período na UCLA, Gerima realizou as curta-metragens Hourglass (1971) e Child of Resistance (1972), de forte caráter político como testemunhos da luta por justiça social e emancipação da comunidade afro-americana. Bush Mama (1976) constituiu a sua primeira longa-metragem sobre a realidade da pobreza urbana e Harvest: 3000 Years (1976), duplamente premiado no Festival de Locarno desse mesmo ano e o seu primeiro filme gravado em África. Com as qualidades narrativas de um documentário, Harvest: 3000 Years constitui uma crítica à Etiópia moderna e, no geral, à África neocolonial, pela sua complacência com um reconfigurado poder abusivo na exploração do seu território e sobre a sua população mais pobre. 

Ashes & Embers (1982) - também uma alegoria às problemáticas das dinâmicas de poder na sociedade etíope pós-colonialista - precedeu a épica longa-metragem Sankofa (1993), um filme que recria um regresso ao passado africano ancestral, e apresenta a opressão e a revolta de escravos numa plantação. Ignorada pelos distribuidores norte-americanos, esta produção foi aclamada internacionalmente em festivais de cinema em Berlim, Roterdão e Fribourg, e sendo também premiada no Festival de Cinema Africano em Itália, e aplaudida ao nível da direção de fotografia no Festival Pan-africano FESPACO na Burkina Faso.

Gerima fundou também a Sankofa FIlm and Bookstore em 1996, como um espaço intelectual de expressão e discussão, e é professor de cinema na Howard University de Washington, D.C. Continua a distribuir os seus próprios filmes, incluindo o recente Teza (2008) galardoado na Bienal de Veneza, e a incentivar a produção jovem independente.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.