Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Selecção Oficial - Fora de Competição

Festivais e Prémios:

Festival de Cannes 2022 - Prémio do Júri e Melhor Banda Sonora

Ficha técnica:

Argumento: Ewa Piaskowska, Jerzy Skolimowski
Produção: Jerzy Skolimowski, Ewa Piaskowska
Director de Fotografia: Michal Dymek

EO

Um filme de Jerzy Skolimowski

Voltar
O mundo é um lugar misterioso quando visto através dos olhos de um animal. EO (que, em polaco, sigifica eu) é um burro cinzento de olhos melancólicos que, ao longo da sua jornada, vai conhecendo pessoas boas e más, experienciando dor e alegria, suportando o seu destino, quando a sua sorte é transformada em desastre ou quando o seu desespero se converte em esperança. Mas nunca, nem por um breve instante, Eo perde a sua inocência.
  • Elenco:

    Sandra Dry, Isabelle Huppert, Lorenzo Zurzolo, Mateusz Kosciukiewicz
  • Título original:

    IO
  • País:

    Polónia, Itália
  • Ano:

    2022
  • 86’ PL, IT, FR, EN, Legendas: PT

Festivais e Prémios:

Festival de Cannes 2022 - Prémio do Júri e Melhor Banda Sonora

Ficha técnica:

Argumento: Ewa Piaskowska, Jerzy Skolimowski
Produção: Jerzy Skolimowski, Ewa Piaskowska
Director de Fotografia: Michal Dymek

Horários

Cinema Medeia Nimas

Com presença de Ewa Piaskowska e conversa com o realizador via zoom
8€

Realizador

Jerzy Skolimowski

Realizador nascido em Lódz, na Polónia, Jerzy Skolimowski reuniu os seus multifacetados talentos – como cineasta, argumentista, poeta, dramaturgo, pintor e actor – numa filmografia plena de criação visual e narrativa.

Nos seus anos de formação estudou Etnologia, Literatura e História na Universidade de Varsóvia e, em 1962,licenciou-se em realização na Lódz Film Academy. Ao mesmo tempo que dava início ao seu trabalho como realizador, participava também como actor em vários filmes.

Considerada uma das mais singulares vozes da Nova Vaga do cinema polaco dos anos 1960, Skolimowski teve um trajecto artístico muito particular, dividido entre a Polónia (o icónico conjunto de filmes iniciais, após colaborações com Wajda e Polanski, e o trio de filmes recente – Quatro Noites com AnnaEssential Killing e 11 Minutos – depois de um hiato fílmico voluntário de 17 anos) e uma itinerância artística por vários países e produções. Pelo seu gesto artístico perpassa uma capacidade visionária invulgar de captar os seres humanos face ao seu tempo e às suas circunstâncias.  

Atualmente, com mais de 20 filmes no seu currículo, o realizador polaco conta com vários prémios atribuídos nos mais importantes festivais de cinema europeus, como o Urso de Ouro no Festival de Berlim pelo filme Le Départ (1967) e o Grande Prémio do Júri no Festival de Cannes por O Uivo (1978). Com Moonlighting (1982), protagonizado por Jeremy Irons, venceu o Prémio de Melhor Argumento no Festival de Cannes.

Em 2008, ano que marca o seu regresso à realização, Skolimowski apresentou Quatro Noites com Anna na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes. Em 2011, com Essential Killing, protagonizado por Vincent Gallo, venceu o Grande Prémio do Júri no Festival de Veneza.

Jerzy Skolimowski foi um dos convidados da edição de 2015 do LEFFEST e, em 2016, foi homenageado com a exibição integral da sua obra.

O seu mais recente filme EO (2022) foi vencedor do prémio para Melhor Banda Sonora e do Prémio do Júri no Festival de Cannes de 2022 e faz parte da seleção oficial do LEFFEST.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.