Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Homenagens e Retrospectivas - Alice Rohrwacher

Prémios:

Prémio de Melhor Argumento - Festival de Cinema de Cannes 2018

Ficha técnica:

Realizadora: Alice Rohrwacher
Argumento: Alice Rohrwacher
Directora de Fotografia: Hélène Louvart
Produção: Tempesta, Amka Films Productions, Ad Vitam Production

Feliz como Lázaro

Um filme de Alice Rohrwacher

Voltar
Esta é a história do encontro improvável entre Lázaro, um jovem camponês cuja gentileza é frequentemente aproveitada maliciosamente, e Tancredi, filho da terrível proprietária das terras em que Lázaro e a sua família trabalham. A vida na isolada aldeia de Inviolata é dominada pela Marchesa Alfonsina de Luna, a rainha dos cigarros. Revoltado contra a sua mãe, Tancredi pede a Lázaro que o ajude a fingir o seu próprio rapto, selando-se assim um vínculo entre os dois. Esta estranha aliança é percebida por Lázaro como uma verdadeira amizade, tão poderosa que eventualmente lhe permitirá viajar no tempo em busca de Tancredi. Deambulando pela primeira vez as ruas citadinas, Lázaro afigura-se um fragmento do passado perdido no mundo moderno.
  • Elenco:

    Alba Rohrwacher, Maria Alexandra Lungu, Sam Louwyck
  • Título original:

    Lazzaro Felice
  • País:

    Itália, Suíça, Alemanha
  • Ano:

    2018
  • 128 min Legendas PT

Prémios:

Prémio de Melhor Argumento - Festival de Cinema de Cannes 2018

Ficha técnica:

Realizadora: Alice Rohrwacher
Argumento: Alice Rohrwacher
Directora de Fotografia: Hélène Louvart
Produção: Tempesta, Amka Films Productions, Ad Vitam Production

Horários

Espaço Nimas

Seguido de conversa com Alice Rohrwacher

Realizador

Alice Rohrwacher

Figura ilustre no contexto do cinema de autor italiano, Alice Rohrwacher estudou Literatura e Filosofia na Universidade de Turim. Em 2011, escreveu e realizou a sua primeira longa-metragem de ficção, Corpo Celeste, que se estreou na Quinzena dos Realizadores no Festival de Cinema de Cannes, onde foi galardoada com o Nastro d’Argento. A sua segunda longa-metragem, O País das Maravilhas, foi apresentada na Competição do Festival de Cannes, em 2014. O filme ganhou o Grand Prix, estabelecendo Rohrwacher como uma das mais importantes realizadoras de uma nova geração de cineastas transalpinos. O seu último filme, Feliz como Lázaro (2018), tem sido internacionalmente aclamado tanto pela crítica como pelo público, tendo também integrado a Competição do Festival de Cannes.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.