Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Sessões Especiais - Sessões Especiais

Prémios:

Leão de Ouro - Festival de Veneza (1982)

Ficha técnica:

Realização: Wim Wenders
Argumento: Wim Wenders e Robert Kramer
Director de Fotografia: Henri Alekan
Produção: Paulo Branco, Chris Sievernich, Wim Wenders

O Estado das Coisas

Um filme de Wim Wenders

Voltar
Em O Estado das Coisas, uma equipa de cinema filma, perto de Sintra, “The Survivors”, um remake de um clássico da série B americana, Day the World Ended de Roger Corman. Mas a película e o dinheiro acabam-se, o produtor desaparece, e eles ficam à espera. Até que o realizador decide partir para Los Angeles, à procura dele.
  • Elenco:

    Allen Garfield, Samuel Fuller, Isabelle Weingarten, Rebecca Pauly
  • Título original:

    Der Stand Der Dinge
  • País:

    Portugal, Estados Unidos da América
  • Ano:

    1982
  • 122 min Legendas PT

Prémios:

Leão de Ouro - Festival de Veneza (1982)

Ficha técnica:

Realização: Wim Wenders
Argumento: Wim Wenders e Robert Kramer
Director de Fotografia: Henri Alekan
Produção: Paulo Branco, Chris Sievernich, Wim Wenders

Horários

Centro Cultural Olga Cadaval Auditório Jorge Sampaio

SESSÃO ESPECIAL
Cópia digital restaurada
Seguido de conversa com Wim Wenders

Realizador

Wim Wenders

Wim Wenders é um dos principais autores do Novo Cinema Alemão dos anos setenta, a par de Rainer Werner Fassbinder e Werner Herzog. Foi com o filme O Amigo Americano (1977) que Wim Wenders conquistou reconhecimento internacional, tendo sido nomeado para a Palma de Ouro, que veio a vencer com Paris, Texas (1984).

O seu filme de 1987, As Asas do Desejo, trouxe-lhe o prémio de Melhor Realizador em Cannes e tornou-se no seu maior sucesso. Em 1993, recebeu o Grande Prémio do Júri no mesmo festival, com o filme Tão Perto, Tão Longe. Desde 1990, Wenders descreve-se como um cineasta da não-ficção, realizando vários documentários aclamados pelo público, Buena Vista Social Club (1999) e Pina (2011), ambos nomeados para os Prémios da Academia.

Wim Wenders foi homenageado no LEFFEST’15 com uma retrospectiva integral da sua obra, onde apresentou também a exposição fotográfica “À luz do dia até os sons brilham - Wim Wenders à descoberta de Portugal”. Uma das suas obras mais recentes, Os Belos Dias de Aranjuez, foi nomeada para o Leão de Ouro em Veneza (2016) e o seu último documentário, Papa Francisco: Um Homem de Palavra estreou em Cannes em 2018.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.