Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Ciclos Temáticos - Romper as Grades: A cultura como espaço de liberdade e a resistência nas prisões

Festivais e Prémios:

Óscar de Melhor Ator Secundário 1968 (George Kennedy)
Prémio Laurel de Melhor Actor Secundário 1968 (George Kennedy) 
OFTA Film Hall of Fame 2017

Ficha técnica:

Screenplay: Donn Pearce, Frank Pierson, Hal Dresner
Produção: Gordon Carroll, Carter De Haven Jr.
Diretor de Fotografia: Conrad L. Hall

O Presidiário

Um filme de Stuart Rosenberg

Voltar
Este clássico intemporal baseado no livro homónimo, de Donn Pearce (1965), conta a história de Luke Jackson (Paul Newman), um prisioneiro irreverente com uma sentença de dois anos numa prisão rural na Florida. 

Desafiado com a atitude autoritária e insensível do director da prisão (Strother Martin), Luke rapidamente ganha a admiração dos prisioneiros pelo seu atrevimento e atitude.
  • Elenco:

    Paul Newman, George Kennedy, J.D Cannon, Strother Martin
  • Título original:

    Cool Hand Luke
  • País:

    Estados Unidos da América
  • Ano:

    1967
  • 126' EN, Legendas: PT

Festivais e Prémios:

Óscar de Melhor Ator Secundário 1968 (George Kennedy)
Prémio Laurel de Melhor Actor Secundário 1968 (George Kennedy) 
OFTA Film Hall of Fame 2017

Ficha técnica:

Screenplay: Donn Pearce, Frank Pierson, Hal Dresner
Produção: Gordon Carroll, Carter De Haven Jr.
Diretor de Fotografia: Conrad L. Hall

Horários

Centro Cultural Olga Cadaval Auditório Acácio Barreiros

6€

Realizador

Stuart Rosenberg

Nascido em 1927, no bairro de Brooklyn, em Nova Iorque, Stuart Rosenberg foi um realizador norte-americano. Estudou literatura Irlandesa na Universidade de Nova Iorque, antes de começar a trabalhar na televisão como editor, realizando séries populares como The Naked City, entre 1958-1963. 

No mundo cinematográfico, estabeleceu-se com o filme O Presidiário (1967). O filme teve um enorme sucesso. George Kennedy foi premiado com o Oscar de Melhor Ator Secundário e o filme foi galardoado com quatro nomeações aos Oscars de 1968.

Durante a sua grande carreira, desafiou-se em vários géneros, desde comédias românticas como Os Loucos do Amor (1969) a thrillers com Sangue Frio em Água Quente (1975) e a terror, com The Amityville Horror em 1979, baseado na obra literária de Jay Anson. 

Realizou o seu último filme em 1991 My Heroes Have Always Been Cowboys e em 1992 lecionou no Instituto Americano de Cinema em Los Angeles. Morreu em 2007 e teve vários filmes em sua homenagem, realizados por antigos alunos.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.