Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Homenagens e Retrospectivas - Romeo Castellucci

The act of seeing. A selection of extracts

Um filme de Romeo Castellucci

Voltar
Programa #3 de To Reverse One's Eyes, uma retrospectiva do Teatro de Romeo Castellucci por Piersandra Di Matteo, apresentado por Piersandra Di Matteo

Hey girl! 
(Festival d’Automne, Paris, 2006)
Inferno 
(Cour d’Honneur, Papal Palace, Avignon, 2008)
Sul Concetto di volto nel Figlio di Dio
 (Theater der Welt, Essen, 2010)
The Phenomenon called I 
(Tokyo Festival, Yumenoshima, 2011)
Le Sacre du Printemps 
(Ruhrtriennale, Duisburg, 2014)

Este programa é composto por uma série de excertos a partir de diferentes criações de Romeo Castellucci.

Hey girl! (2006), gira à volta da verdade e do corpo, no corpo da actriz Silvia Costa, onde gestos e imagens condensam a exterioridade de um estado de consciência entre o sonho e a vigília. Como artista associado do Festival de Avignon em 2008, Romeo Castellucci encenou Inferno, Purgatorio, Paradiso, uma trilogia que bebe livremente da Divina Comédia de Dante Alighieri. A Cour d’Honneur do Palácio Papal acolheu o Inferno em que o artista, optando por “ser Dante”, assume a sensação de confusão ao encontrar-se no início de uma viagem pelo sentido do ser humano. Em Sul Concetto di volto nel Figlio di Dio (2010), enquadrado entre o espectador e um enorme Salvator Mundi de Antonello da Messina, uma quantidade hiperbólica de excremento é produzida por um pai velho e incontinente, carinhosamente cuidado pelo filho: a degradação do corpo transforma-se numa reflexão sublime sobre a humanidade e a transitoriedade. The Phenomenon Called I (2011) foi concebido en plein air para o parque da ilha artificial Yumenoshima (Ilha dos Sonhos), feita de lixo urbano e situada na baía de Tóquio, frente a um público de aproximadamente 3.000 pessoas, aproximadamente seis meses depois do desastroso tsunami que atingiu o país. Le Sacre du Printemps (2014) é uma coreografia para 40 máquinas concebida para a dança molecular de 30 toneladas de osso animal pulverizado, produzido industrialmente como fertilizante agrícola. A poeira é nebulizada em massas gasosas, incorporando a ideia de dança intimamente relacionada com os ostinatos e com as acentuações dinâmicas da música de Igor Stravinskij.
  • Título original:

    The act of seeing. A selection of extracts
  • País:

    Itália
  • Ano:

    2014
  • 102'

Horários

Cinema Medeia Nimas

Apresentado por Romeo Castellucci

Bilhetes: 6€ (público geral) / 5€ (estudantes)

Realizador

Romeo Castellucci

Nascido em Cesena (Itália) em 1960, Romeo Castellucci é um encenador e artista plástico mundialmente conhecido por criar um teatro fundado no conceito de “totalidade das artes” que visa uma percepção integral e uma experiência “cinestésica”. Formado em pintura e cenografia pela Academia de Belas-Artes de Bolonha, Castellucci trabalha como encenador desde os anos 80, tendo fundado, em 1981, com Claudia Castellucci e Chiara Guigi, a companhia de teatro experimental Socìetas Raffaello Sanzio, que recebeu numerosos prémios internacionais e editou diversos livros, sendo considerada a companhia italiana de maior relevo a nível mundial. A estrutura dramática das suas produções não está presa ao primado da literatura, assentando sobretudo no seu entendimento do teatro como uma arte plástica complexa e visionária. O encenador tem recorrido à sua própria experiência no teatro para produzir um conjunto de ensaios teóricos sobre a direcção de palco.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.