Lisbon & Estoril Film Festival

Filmes

Ciclos Temáticos - Looking for Homeland

Ficha técnica:

Realizador: Kevin Jerome Everson
Argumento: Kevin Jerome Everson 
Director de Fotografia: Kevin Jerome Everson
Produção: Picture Palace Pictures, Trilobite-Arts-DAC

The Island of St. Matthews

Um filme de Kevin Jerome Everson

Voltar
Filmado na terra natal dos pais do realizador, no Mississippi, The Island of St. Matthews é um filme sobre a perda de história numa família e parte da inexistência das suas fotografias. Um homem que pratica esqui aquático, outro que trabalha numa barragem, e um baptismo, seguido de entrevistas a moradores locais que relembram inundações devastadoras naquela área. Encarado como poema ou hino aos cidadãos de Westport, o filme explora tensões entre memória, trabalho e natureza.
  • Elenco:

    Raymond Griggs, Rosalie Harris, Charlie Smith
  • Título original:

    The Island of St. Matthews
  • País:

    Estados Unidos da América
  • Ano:

    2013
  • 70 min Legendas PT

Ficha técnica:

Realizador: Kevin Jerome Everson
Argumento: Kevin Jerome Everson 
Director de Fotografia: Kevin Jerome Everson
Produção: Picture Palace Pictures, Trilobite-Arts-DAC

Horários

Sala Fernando Lopes - Universidade Lusófona

Monangambe, Sarah Maldoror (1969)
À Bissau, Carnaval, Sarah Maldoror (1980)
Fogo, Lîle de feu, Sarah Maldoror (1979)
The Island of St. Matthews, Kevin Jerome Everson (2013)
Seguido de conversa com os curadores Alexey Artamonov, Denis Ruzaev e Ines Branco Lopez

Realizador

Kevin Jerome Everson

O norte-americano Kevin Jerome Everson (Mansfield, Ohio, 1965) é um cineasta e artista multidisciplinar que vive e trabalha em Charlottesville, Virgínia. A prática artística de Everson atravessa pintura, escultura, fotografia e cinema, e conta com nove longas-metragens - nomeadamente, Spicebush (2005), The Golden Age of Fish (2008), The Island of St. Matthews (2013), Park Lanes (2015) e Tonsler Park (2017), entre outras - e mais de 150 curtas-metragens exibidas em festivais, cinemas, museus, galerias e outras instituições artísticas. Foram realizadas retrospectivas com os seus filmes no festival Cinéma du Réel (2019), no Harvard Film Archive (2018), no Festival de Curtas Metragens de Glasgow (2018), no Museum of Modern and Contemporary Art, Seoul (2017), na Viennale (2014), no Festival Visions du Réel, Nyon (2012), e no Centro Pompidou (2009). O artista foi galardoado com o Prémio Alpert para Filme/Vídeo em 2012. É uma marca do seu trabalho o modo particular como aborda aspectos da cultura da classe trabalhadora de norte-americanos negros e pessoas com descendência africana.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.