Lisbon & Estoril Film Festival

Notícias

Dennis Berry (1944-2021)

O realizador, argumentista e actor Dennis Berry morreu no passado sábado em Paris, onde vivia. O seu último filme, SELVAGENS (2018), uma produção de Alfama Films e Leopardo Filmes, em associação com Bando À Parte, será exibido em breve pela RTP.

Alfred Brendel no LEFFEST

O pianista Alfred Brendel, um dos maiores intérpretes do século XX, que veio este fim-de-semana dar duas conferências no Festival dos Capuchos, foi um dos membros do júri do LEFFEST em 2012.

Monte Hellman (1929-2021) - Quando o realizador foi homenageado pelo LEFFEST

“Um grande artista da arte cinematográfica e um poeta minimalista” – foram estas as palavras de Quentin Tarantino quando entregava a Monte Hellman, em Veneza, o Leão de Ouro Especial, atribuído a Road to Nowhere (2010). Hellman, que estava internado no Eisenhower Medical Center em Palm Desert, Califórnia há um par de dias, morreu esta madrugada.

Julian Assange – um primeiro passo para a justiça

Um tribunal britânico acaba de rejeitar o pedido de extradição do fundador da WikiLeaks, Julian Assange, interposto pelos Estados Unidos.  Preso em Londres desde Abril de 2019, depois de sete anos isolado na embaixada do Equador naquela capital, onde se refugiara e pedira asilo, Assange viu assim serem acolhidas as pretensões generalizadas que reivindicavam esta decisão.

Ivry Gitlis - o violino incandescente

O grande violinista Ivry Gitlis (1922-2020) morreu aos 98 anos, na véspera de Natal, em Paris, onde vivia desde os anos 60. Foi convidado do LEFFEST em 2015, e partilhou vários dias connosco. Participou numa conversa pública com o violinista e realizador Bruno Monsaingeon e o pianista Itamar Golan, no cinema Monumental, e numa soirée dedicada ao poeta Arseni Tarkovski, no TNDMII, com os pianistas Piotr Anderszewski, Itamar Golan e Natsuko Inoué, e ainda a leitura de poemas de Arseni Tarkovski pelo seu neto Andrei A. Tarkovski, Itamar Golan e Luís Caetano.

À memória de Wilson Filipe (1948-2020)

Há dois anos, no âmbito do ciclo temático "O Desejo Chamado Utopia", o LEFFEST apresentava pela primeira vez uma versão de “Torre Bela”, de Thomas Harlan, digitalizada pela Cinemateca Portuguesa, naquela que será a última versão do filme feita pelo realizador, com uma duração maior do que a circulara por cá em sala.
Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.